(22) 3852-0850 | 98849-0850 visite nosso facebook

Pombos

pombos

Os pombos são aves oportunistas, que adaptam ao meio urbano assim como os pardais, gostando das cidades, onde encontram abrigo, nichos para construção de ninhos e alimentos. Poucas pessoas sabem do perigo que essas aves representam à saúde pública além do desconforto e prejuízos causado pelo excremento espalhado pelas edificações.

Doenças que os Pombos podem transmitir:

Salmonelose

Essa doença se contrai pela ingestão de carne e ovos contaminados, ou alimentos mal lavados (que tenham estado em contato com as fezes ou que foram lavados com água contaminadas por fezes). A patologia que pode provocar no homem é toxinfecção com gastroenterite.

Histoplasmose

Essa doença é contraída pela inalação dos esporos suspensos no ar. Por exemplo, um forro empoeirado de uma casa, frequentado por pombos ou outro animais, é um ambiente repleto de microorganismos patogênicos inaláveis. A patologia que pode provocar é uma micose sistêmica de gravidade variada. A infecção é comum mais a doença não, isto é, estamos sempre expostos aos esporos, em maior ou menor quantidade, podendo desenvolver sensibilidade sem apresentar doença sintomática. Quando há sintomas, pode ser uma enfermidade respiratória benigna, ou, nos casos mais graves, os órgãos internos podem ser afetados, de forma aguda ou crônica.

Criptococose

Essa doença é contraída como na histoplasmose. A patologia que pode provocar é uma micose sistêmica que geralmente se apresenta como meningite subaguda ou crônica. Posteriormente ocorre o comprometimento dos pulmões, baço, articulações, músculos, pele e gânglios linfáticos.

Ornitose (Psitacose ou Clamidiose Aviária)

Essa doença pode ser transmitida pela via aerógena, isto é, pela inalação em ambientes contaminados, pois o patógeno é eliminado nos excrementos e secreções corporais das aves doentes, podendo ficar aderido as penas, ao material do ninho e poleiros das aves.
Os dejetos secos formam aerossóis contendo a clamídia. O grau de exposição ao agente infeccioso pode determinar a gravidade da doença no homem. Pode ser confundida com enfermidade respiratória comum e passar despercebida: pode ser insidiosa provocando pneumonia e broncopneumonia e, nas formas mais graves, hepatoesplenomegalia, diarréia, depressão mental e delírios.

Alergias

Podem produzir diversos sintomas, que vão desde a irritação e pruridos de pele e corizas, até sufocação por edema de glote. É comum a bronquite asmática alérgica, principalmente em crianças e idosos.

Para o controle de pombos, fazemos uso de repelentes que são aplicados sem causar nenhum dano maior ou incômodo. Este controle é eficiente, porém não é imediato, tendo que ser um trabalho contínuo e acompanhado por semanas até que a infestação chegue a um nível aceitável.